Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

 

SAC: 0800 -772 3030   |
HTML do menu mobile
Navegar para Cima

Skip Navigation LinksCirurgia-orbitaria-inedita-e-realizada-no-hospital-da-Unimed-de-Araraquara

Cirurgia orbitária inédita é realizada no hospital da Unimed Araraquara

Procedimento é marco em registros acadêmicos mundiais

15/09/2020 10:58 | Última Atualização 15/09/2020 10:59

​O Centro Cirúrgico do Hospital São Paulo – Unimed de Araraquara foi o local para a realização, no dia 11 de setembro, da cirurgia de reconstituição das paredes orbitárias direita da paciente S.A.M, procedimento inédito no mundo acadêmico e coordenado por  Eduardo Hochuli Vieira, professor doutor em cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial. 

Segundo Hochuli, a cirurgia foi excelente. “O procedimento que fizemos não tem registros em trabalhos acadêmicos. É a primeira vez que foram reconstituídas as quatro paredes orbitárias do globo ocular de uma paciente. O objetivo foi recolocar o olho de volta no lugar”, afirma.
 
Essa reconstituição foi necessária porque, como explica o especialista, o olho é uma bola rodeado por músculos, nervos e gordura. “É como se tivéssemos um copo de água com uma bolinha de p​ing pong ocupando 1/3 da cavidade orbitária, que é o olho. No caso específico desta paciente, ela perdeu a gordura da cavidade ocular, ou seja, parte da água e, o olho, sem sustentação, foi para dentro, causando a enoftalmia”, conta.
 
A cirurgia foi exatamente para recompor as quatro paredes orbitárias com placas de titânio customizadas para a paciente. “Essas placas foram devidamente calculadas para esta paciente. Não podem ser usadas para outra pessoa e são resultado de um planejamento que iniciou em fevereiro deste ano com a participação de engenheiros que fizeram inúmeros cálculos do volume orbitário da paciente para assim desenvolverem as placas (próteses)”.
 
Ineditismo
Os procedimentos de reconstituição de partes da face e do globo ocular de pacientes que sofrem traumas em acidentes, por exemplo, são cirurgias realizadas com frequência pela sua equipe, no entanto a cirurgia feita no Hospital São Paulo é inédita porque foram implantadas próteses em redor de todo o globo ocular. “Não há registros em trabalhos acadêmicos em língua inglesa que tal procedimento tenha sido feito anteriormente no mundo”, ressalta Hochuli.
 
Paciente
O problema com o olho direito de S.A.M. começou há cerca de seis anos quando, ao fazer um tratamento para queda de cabelos com corticoides, teve como efeito colateral a reabsorção gradativa da gordura da região temporal e cavidade orbitária direita. Hochuli conta que esse tipo de efeito colateral não é comum, mas é possível. “Neste caso resultou em dois problemas: o estético e a visão dupla, conhecida como diplopia”, conclui.
 
O procedimento realizado no Hospital São Paulo é de alto custo, envolveu tecnologia de realidade virtual para planejamento e a Unimed de Araraquara autorizou a realização de todo o processo.
Outras Notícias

 

 

Unimed Sorocaba realiza aula de pós-graduação em APShttp://portalantigo.unimedfesp.coop.br/unimed-sorocaba-realiza-aula-inaugural-de-pos-graduação-em-atencao-primaria-a-saudeUnimed Sorocaba realiza aula de pós-graduação em APS
TESTE 2http://portalantigo.unimedfesp.coop.br/teste-2TESTE 2
SAC Presencial está de casa novahttp://portalantigo.unimedfesp.coop.br/sac-presencial-esta-de-casa-novaSAC Presencial está de casa nova
Oficinas de MBE iniciam os estudos de 2016http://portalantigo.unimedfesp.coop.br/oficinas-de-mbe-iniciam-os-estudos-de-2016Oficinas de MBE iniciam os estudos de 2016

+ Ver todas as notícias

COPYRIGHT

Copyright © 2019 - Unimedfesp.com.br - Aviso geral de privacidade e proteção de dados Rua José Getúlio, 78/90 - Aclimação - São Paulo - SP - CEP 01509-000 - Tel:(11)2146-2500 

CERTIFICAÇÃO

Unimed Fesp 2016